Banho de Guiné: 5 melhores banhos e para que serve

Júlia Santos

Banho de guiné

Você já ouviu falar sobre o banho de guiné? Essa prática ancestral tem conquistado cada vez mais adeptos, graças aos seus inúmeros benefícios para o corpo, mente e espírito. O banho de guiné é uma tradição que remonta a tempos imemoriais, sendo utilizado por diferentes culturas em rituais de purificação, proteção e renovação.

A guiné, também conhecida como Petiveria alliacea, é uma planta com propriedades medicinais e energéticas poderosas. Originária das Américas, ela é reverenciada por suas qualidades curativas e místicas. Quando utilizada em forma de banho, a guiné é capaz de promover uma limpeza profunda, afastar energias negativas e restabelecer o equilíbrio interior.

Neste artigo, vamos explorar os diversos aspectos do banho de guiné, desde a sua finalidade até os cuidados necessários para desfrutar dessa prática de forma segura e eficaz. Se você está em busca de uma forma natural e harmoniosa de revitalizar seu corpo e mente, continue a leitura e mergulhe nesse conhecimento ancestral. O banho de guiné espera por você, pronto para proporcionar uma experiência transformadora.

Para que serve a Guiné?

Banho de Guiné

A guiné é uma planta que possui diversas propriedades benéficas para o nosso corpo. Entre elas, destacam-se a ação anti-inflamatória, analgésica (aliviando dores, especialmente as odontológicas e nevralgias), antitérmica, sedativa, anticonvulsivante e diurética. No entanto, é importante ressaltar que o seu uso interno requer acompanhamento clínico, devido à sua capacidade abortiva.

É essencial ter cautela ao utilizar o guiné e sempre seguir as orientações de um profissional de saúde qualificado. O acompanhamento clínico garante a segurança e eficácia do seu uso, evitando possíveis efeitos adversos e garantindo que a planta seja utilizada de forma adequada para cada caso específico.

Para que serve o banho de Guiné na Umbanda?

O banho de guiné é conhecido por suas propriedades que podem trazer benefícios tanto para o corpo quanto para o bem-estar emocional. Entre os seus efeitos, destaca-se a capacidade de afastar energias negativas e proteger contra influências indesejadas. Além disso, é utilizado para aliviar dores no corpo físico e amenizar aflições emocionais.

Esse tipo de banho é recomendado em situações como descarrego, quando se busca purificar o corpo e a mente, liberando-se de energias negativas acumuladas. Também é utilizado em casos de obsessões, auxiliando na limpeza energética e no fortalecimento do campo vibracional. Além disso, o banho de guiné é considerado um recurso para abrir caminhos, proporcionando uma sensação de renovação e possibilitando novas oportunidades.

 Benefícios da Guiné:

A guiné, também conhecida como Petiveria alliacea, possui diversos nomes populares, como Amansa Senhor e Rabo-de-gambá. Suas folhas contêm propriedades medicinais que podem ser incorporadas em tratamentos terapêuticos. No entanto, é essencial que sua utilização seja orientada por um médico ou fitoterapeuta, a fim de evitar intoxicação e possíveis complicações graves.

Quando utilizada de forma moderada, a guiné oferece benefícios terapêuticos que podem ser aproveitados com segurança. Entre esses benefícios, destacam-se sua forte ação anti-inflamatória e analgésica, além de sua contribuição para o adequado funcionamento do sistema nervoso. O chá de guiné, por exemplo, é utilizado para tratar infecções e aliviar diversas dores, como dor de cabeça, problemas nos olhos, dentes e garganta.

Além disso, a planta também pode beneficiar a memória, uma vez que auxilia o sistema nervoso. Em alguns casos, com a supervisão médica adequada, a guiné pode ser incorporada em tratamentos para ansiedade, depressão e estimulação das funções cognitivas.

É importante ressaltar que a guiné não deve ser utilizada sem a devida orientação profissional. Cada pessoa é única, e a segurança e eficácia do uso da guiné podem variar de acordo com o histórico de saúde individual. Portanto, consulte um profissional de saúde qualificado para obter informações personalizadas e garantir a utilização correta dessa planta em tratamentos terapêuticos.

Melhor dia para tomar banho de Guiné:

O melhor dia para tomar banho de guiné pode variar de acordo com as crenças e tradições de cada pessoa. Em algumas práticas espirituais, como na umbanda, por exemplo, o banho de guiné é recomendado às segundas-feiras, pois esse dia está associado à regência da Lua, que possui uma energia favorável para purificação e proteção.

No entanto, é importante ressaltar que essa escolha pode variar e que cada pessoa pode ter suas próprias preferências e orientações.

Como fazer um banho de guiné?

Banho de Guiné

Para fazer um banho de guiné, você precisará dos seguintes materiais:

  • Um punhado de folhas de guiné frescas ou secas
  • 1 litro de água filtrada
  • Uma panela

Aqui está o passo a passo para preparar o banho de guiné:

  1. Comece aquecendo a água na panela até que comece a ferver.
  2. Assim que a água atingir o ponto de ebulição, adicione o punhado de folhas de guiné.
  3. Deixe as folhas de guiné em infusão na água fervente por cerca de 5 a 10 minutos.
  4. Desligue o fogo e deixe a mistura repousar por mais alguns minutos para que as propriedades da guiné sejam liberadas na água.
  5. Após o período de repouso, coe a mistura para remover as folhas de guiné, obtendo assim apenas o líquido do banho.
  6. Transfira o líquido para uma bacia ou recipiente adequado para o banho.
  7. Antes de utilizar o banho de guiné, é importante tomar um banho de higiene normal para limpar o corpo.
  8. Em seguida, despeje lentamente o líquido do banho de guiné sobre o corpo, do pescoço para baixo, concentrando-se nas áreas que deseja tratar ou purificar.
  9. Enquanto realiza o banho, é recomendado que mentalize suas intenções e objetivos, buscando conectar-se com as propriedades da guiné para obter os benefícios desejados.
  10. Após o banho, não enxágue o corpo com água novamente. Deixe o líquido do banho de guiné secar naturalmente na pele.

Lembrando que é fundamental respeitar as orientações e recomendações de um profissional de saúde ou terapeuta experiente, especialmente se você tiver alguma condição de saúde pré-existente ou estiver grávida. O banho de guiné é uma prática terapêutica, e é importante utilizar de forma consciente e responsável.

Dicas para um banho de Guiné mais poderoso

Como mencionado anteriormente, além da receita mais comum, existem outras formas de banho utilizando a guiné, que são igualmente benéficas e poderosas.

A seguir, apresentaremos mais duas receitas de banhos com guiné, que são simples de serem preparadas. Uma delas utiliza a alfazema como ingrediente adicional, enquanto a outra incorpora o sal grosso. Ambos os ingredientes são amplamente reconhecidos no universo místico e podem proporcionar diversos benefícios.

Banho de Guiné e Arruda

De maneira geral, a arruda possui uma variedade de benefícios e é amplamente utilizada em diversas regiões e religiões. Quando combinada com a guiné, ela tem o poder de transmutar energias negativas e atrair energia positiva, proporcionando uma sensação de leveza e relaxamento. É um banho de proteção.

Se você está se sentindo cansado e acredita ter absorvido energias negativas de pessoas e ambientes, não hesite em preparar esse banho para se sentir melhor. Veja a seguir como prepará-lo.

Indicações

A arruda é uma planta extremamente poderosa, utilizada em banhos de descarrego, defumação e na proteção de ambientes. Por essa razão, seu uso oral é proibido, e o uso excessivo também deve ser evitado, uma vez que seu poder de limpeza intenso pode prejudicar o seu campo energético.

É importante tomar cuidado para não entrar em contato com os olhos, pois a seiva da arruda pode causar irritações e queimaduras. Recomenda-se realizar o banho apenas uma vez por mês, assim, você não correrá o risco de desequilibrar o seu campo energético e permitirá que a arruda atue de maneira positiva. Prefira tomar o banho nas sextas-feiras ou aos sábados.

Receita e modo de preparo

Para preparar o banho de proteção, você precisará de 2 litros de água, arruda e guiné.

  1. Ferva a água.
  2. Adicione as ervas secas à panela, desligue o fogo e tampe com um prato.
  3. Após 5 minutos, coe a mistura.

Aplicação do banho

Após o banho de higiene, prepare-se para despejar o banho de proteção sobre o corpo. Comece do ombro para baixo e deslize as mãos sobre o corpo, como se estivesse se purificando.

Mentalize pensamentos positivos, reze, peça proteção e agradeça aos seus mentores e guias espirituais. Ao final, opte por vestir roupas brancas ou claras, pois isso ajudará a promover uma sensação de relaxamento.

Banho de Guiné com Arruda e Alecrim

O banho de guiné com arruda e alecrim é altamente recomendado nos terreiros de Umbanda. Nessa combinação, temos a presença de duas ervas com propriedades mais intensas: arruda e guiné, e uma terceira erva que traz equilíbrio: o alecrim.

Enquanto a arruda trabalha para limpar as energias densas ao redor da pessoa, a guiné atua na remoção das energias negativas que a arruda não alcança. Por sua vez, o alecrim desempenha o papel de equilibrar e harmonizar a mistura, proporcionando proteção.

Indicações

Esse banho pode ser tomado à noite e em qualquer fase da lua. Embora haja crenças de que seja inadequado realizar banhos sob a influência lunar, esse banho em particular pode ser realizado em qualquer momento. É importante evitar que o banho atinja a cabeça e os olhos, além de optar por roupas claras em vez de escuras. Mantenha uma postura positiva e mentalize coisas boas durante todo o processo.

Receita e modo de preparo

Para preparar o banho, você precisará de 1 litro de água, um punhado de arruda, alecrim e guiné.

  1. Ferva a água e adicione a arruda e o alecrim.
  2. Desligue o fogo e acrescente a guiné.

Seu banho está pronto para ser tomado. Tome seu banho de higiene normalmente antes de despejar o banho de proteção.

Aplicação do banho

Antes de tomar o banho, é importante pedir permissão aos seus mentores e guias espirituais. Em seguida, despeje a mistura sobre o corpo, do ombro para baixo, rezando e mantendo pensamentos positivos. Após o banho, vista uma roupa branca ou clara de sua preferência. Por fim, descarte o restante do banho em um ambiente natural, como um jardim ou em contato com a terra.

Banho de Guiné com sal grosso:

O sal grosso é amplamente conhecido como um poderoso ingrediente para limpeza através de banhos. Quando combinado com a guiné, torna-se ainda mais eficaz.

O objetivo principal do banho de guiné com sal grosso é purificar o corpo e a alma, eliminando tanto os males visíveis quanto os invisíveis.

Veja como preparar esse banho:

  1. Comece fervendo 2 litros de água.
  2. Adicione 7 folhas de guiné e 3 colheres de sopa de sal grosso à água fervente.
  3. Deixe ferver por mais 5 a 10 minutos e, em seguida, desligue o fogo.
  4. Aguarde pelo menos 30 minutos para que o banho repouse e atinja uma temperatura agradável para a sua pele.
  5. Coe bem a mistura.
  6. Após tomar um banho de higiene normal, despeje o banho de guiné com sal grosso em todo o corpo, começando pelo pescoço e seguindo em direção aos pés. Mantenha pensamentos positivos e felizes durante o banho.
  7. É recomendado deixar o corpo secar naturalmente, utilizando uma toalha limpa somente para secar as áreas íntimas e o cabelo.
  8. Por fim, é aconselhável vestir roupas brancas após o banho.

Esse banho pode ser realizado uma vez por semana, não sendo necessário fazê-lo com maior frequência.

Banho de Guiné com alfazema:

Banho de Guiné

Assim como o sal grosso, a alfazema é combinada com a guiné neste banho para ampliar os benefícios ao corpo e à alma, proporcionando limpeza energética e tranquilidade espiritual.

Veja como preparar esse banho:

  1. Em uma panela, ferva 1 litro de água.
  2. Adicione 7 folhas de guiné e um punhado de alfazema (preferencialmente na forma natural) à água fervente.
  3. Deixe ferver por aproximadamente 5 minutos e, em seguida, desligue o fogo.
  4. Aguarde pelo menos 30 minutos para que o banho repouse e atinja uma temperatura agradável para a sua pele.
  5. Coe cuidadosamente a mistura.
  6. Após realizar a higiene pessoal, seque-se e, em seguida, despeje o banho de guiné com alfazema por todo o corpo, iniciando pelo pescoço e seguindo em direção aos pés. Mantenha pensamentos positivos e felizes durante o banho.
  7. É recomendado deixar o corpo secar naturalmente, utilizando uma toalha limpa apenas para secar as áreas íntimas e o cabelo.
  8. Por fim, vista roupas brancas após o banho.

Esse banho pode ser realizado uma vez por mês, não sendo necessário fazê-lo com maior frequência.

Defumação com Guiné

Banho de Guiné

Por fim, além do banho de ervas, a prática da defumação também é amplamente difundida na cultura popular brasileira, especialmente em religiões de matriz africana como a umbanda e o candomblé. Nessas tradições, as folhas de guiné são utilizadas nos rituais de defumação, onde são queimadas para purificar os ambientes e afastar energias negativas.

Segundo informações do site Coisas de Terreiro, o defumador feito com guiné possui o poder de criar um campo de proteção áurica, emitindo vibrações positivas enquanto realiza a limpeza energética e bloqueia influências negativas. Além disso, essa prática também pode atrair felicidade e sorte, promovendo uma sensação de bem-estar nos ambientes onde é realizada.

Cuidados fundamentais

É fundamental ter precaução ao preparar o banho de guiné, pois a planta pode ser tóxica para o organismo e, por isso, não deve ser de forma alguma ingerida. O uso excessivo ou constante da guiné pode resultar no acúmulo de seus princípios ativos no organismo, o que pode levar a intoxicação. Portanto, é importante não abusar do banho e seguir recomendações de uso adequadas. Conforme mencionado pelo blog Vida Tarot, é recomendado utilizar a guiné em intervalos maiores do que uma vez a cada 15 dias.

Aliás, a guiné é conhecida também como “amansa-senhor” devido à sua toxicidade. Historicamente, os escravos utilizavam a planta para acalmar os ânimos dos senhores. Pequenas quantidades de guiné eram adicionadas como tempero na comida ou consumidas em chás, tendo propriedades calmantes e alucinógenas. Essas características ajudavam a reduzir a agressividade, levando à tranquilidade e, em alguns casos, até mesmo à alteração da consciência.

É importante ressaltar que, antes de utilizar o banho de guiné, é recomendado consultar um médico, especialmente se você apresentar sensibilidade ou alergia à planta. Gestantes e lactantes também devem evitar o uso do banho de guiné devido aos possíveis riscos associados. A segurança e a saúde devem sempre ser priorizadas ao utilizar qualquer tipo de tratamento ou prática.

Conclusão

O banho de guiné é uma prática tradicional que oferece benefícios para o corpo e a alma. Com propriedades terapêuticas e poder de limpeza energética, essa planta aliada a outros ingredientes como arruda, sal grosso, alfazema e alecrim proporciona alívio de dores, afasta energias negativas e promove equilíbrio emocional.

Ao longo do artigo, exploramos as utilidades do banho de guiné, destacando sua capacidade de afastar inimigos, abrir caminhos e trazer proteção espiritual. Reforçamos a importância de seguir orientações adequadas e buscar o acompanhamento de profissionais qualificados para um uso seguro e eficaz.

Agora que você conhece mais sobre o banho de guiné, aproveite para explorar outros conteúdos em nosso blog. Descubra práticas e receitas relacionadas à espiritualidade, bem-estar e autocuidado, e encontre novas formas de melhorar sua qualidade de vida e se conectar consigo mesmo.

Lembre-se sempre de praticar o banho de guiné com respeito, intenção positiva e em consonância com suas crenças pessoais. Desfrute dos benefícios dessa tradição ancestral e encontre momentos de paz e renovação através do poder do banho de guiné.

Continue explorando nosso blog para descobrir mais sobre plantas medicinais e rituais terapêuticos. Aprofunde-se em um mundo de conhecimento e bem-estar.

Outros banhos