Livre SP

Tecnologia, Ciência, Internet, Filosofia, Siglas, Sonhos

A Lei Geral de Proteção de Dados foi sancionada em 2018 aqui no Brasil, mas vem ganhando cada vez mais força nos últimos anos impactando diretamente diversas áreas do nosso dia a dia, seja no setor jurídico, no RH, no marketing de uma outsourcing de impressão e por aí vai. 

Qualquer atuação dentro do setor virtual que tenha qualquer tipo de envolvimento com dados dos clientes acaba sendo impactada pela LGPD, e é claro que isso não seria diferente dentro do setor de TI. 

Mas afinal, quais são esses impactos? O que ela traz de mudanças para essa área? No texto de hoje vamos falar tudo sobre a conexão da LGPD com o TI que vem deixando muitos profissionais preocupados, preparados? Então vamos lá!

O que é LGPD?

Antes de entender os impactos que ela causa, é preciso detalhar o que significa o LGPD, essa que é uma lei de número 13.709, foi sancionada no Brasil no dia 14 de agosto de 2018, mas só entrou realmente em vigor desde de setembro de 2020, com suas sanções sendo realmente aplicadas a partir de setembro de 2021, ou seja, ela é considerada uma lei extremamente nova dentro do país. 

A LGPD estabelece regras para coletas, armazenamentos, tratamento e compartilhamentos de dados pessoais independente do meio de atuação. Ou seja, seu objetivo principal é regulamentar o uso de dados pessoais de usuários pelas empresas, garantindo total controle, privacidade e transparência sobre todas as informações.

Quais são os impactos da LGPD no setor de TI?

Como citamos acima, a LGPD influencia diretamente, várias áreas do nosso cotidiano, garantindo a segurança principalmente para os usuários na hora de contratarem um serviço de uma empresa de manutenção predial, por exemplo, e é claro que a Tecnologia da Informação, também é extremamente impactada com tudo isso. 

Na TI o impacto é considerado gigantesco, afinal o setor é um dos maiores curadores de dados e informações de qualquer negócio, essa área é responsável por diagnosticar, analisar e implementar os dados dentro de qualquer negócio, ou seja, com a LGPD, a TI é responsável por cuidar de todas as aplicações das informações coletadas, seja de funcionários, clientes ou fornecedores. 

Isso faz com que todo o controle e o tratamento precise, necessariamente, passar pela área de TI, fazendo com que ela monitore riscos e cuide da segurança geral online, prevenindo qualquer tipo de hackeamento ou ciberataque. Por ser o grande cuidador dos dados de forma geral de uma empresa, a LGPD impacta e muito o cotidiano do TI. 

Afinal, agora é preciso seguir a lei, e realizar a prevenção de dados de acordo com o regulamento, gerando ainda mais dificuldade e fazendo com que cada detalhe seja importante para um profissional que atua nessa área. 

Os desafios da TI para a adequação da LGPD

Imagine ter uma metodologia de trabalho bem definida e ter que mudar completamente sua forma de atuação? É exatamente esse desafio que os profissionais de TI passam, e acredite não são dificuldades pequenas, é preciso de uma mudança enorme. 

O primeiro passo é entender todas as nuances estabelecidas pela LGPD, e entender cada detalhe que ela apresenta, como por exemplo trazer uma segurança e padronização para os dados coletados, onde grande parte deles não tem “dono”, ou seja é preciso protegê-los de maneira mais eficiente, além de trazer mais transparência nos dados, fazendo com que toda a empresa sabe onde podem ser achadas as informações e como elas estão distribuídas, fator que não era obrigatório antes da LGPD. 

Outro desafio do TI em relação a LGPD é adaptar todos os dados antigos para que eles fiquem viáveis de acordo com a nova lei, ou seja, é preciso rever todas as informações de clientes sobre sua escova de nylon, por exemplo, e transformá-los em informações compatíveis com a LGPD. 

Por fim, os cuidados com relação ao armazenamento também devem passar por mudanças,  garantindo uma maior segurança com os sistemas de backups e os melhores servidores que trabalham com o sistema de nuvem, fazendo com que todas as informações coletadas se estabeleçam em um local seguro. 

Ainda existem outros fatores que podem impactar o TI pela LGPD, como o gerenciamento de API e a verificação de cadastro e acessos de dados. Como pudemos observar, são inúmeras mudanças, impactos e dificuldades que a LGPD traz para a área do TI não é mesmo?

Agora conte para a gente nos comentários abaixo, o que você achou sobre todas essas mudanças? Acredita que todos esses impactos mudaram drasticamente a forma de atuação de um profissional de TI? Não se esqueça de compartilhar caso tenha curtido e até a próxima!

+ posts