O que é marketing sensorial?

Você já deve ter visto um comercial, seja na TV ou na internet, que criou a sensação de que você pode sentir o produto, seja uma comida ou um sabonete. Isso é o marketing sensorial e é usado bastante.

É um tipo de marketing de conteúdo, onde o seu conteúdo cria mais de uma sensação na qual poderá influenciar o seu consumidor a querer comprar o produto ou então, o serviço oferecido.

É uma estratégia onde a criatividade é uma parte essencial. Se uma campainha de gerenciamento de resíduos deseja vender o seu serviço, poderá usar o olfato para transmitir a mensagem.

Podendo criar um post, vídeo ou até um comercial na TV, onde um local sem os seus serviços ficará com um cheiro ruim, mas se chamar a empresa, terá um cheiro maravilhoso, usando imagens de flores conhecidas pelo seu aroma perfumado.

O marketing sensorial pode ser considerado uma especial de funil de vendas. Usando os cinco sentidos a pessoa cria um laço entre essa sensação e o produto, o que pode ajudar a vender melhor.

Se ficou interessado nessa estratégia, então, esse texto tem as informações que você procura. Iremos falar sobre o que é marketing sensorial e também como usá-lo para vender seus produtos ou serviços.

Mas, o que é marketing sensorial realmente?

 Como o nome sugere, é uma estratégia de marketing onde os cinco sentidos são os principais para vender um produto. Seja o olfato, paladar, tato, visão e audição. Todos esses elementos podem ser influenciados.

A ideia principal do marketing sensorial é criar, através dos sentidos, uma necessidade para o produto. É manipular o cliente para que pense no seu item apenas, e assim, quando sentir oportunidade, a pessoa irá escolher automaticamente o seu produto.

Se você ofertar serviços como manutenção predial, pode ser interessante utilizar uma abordagem mais visual mostrando as vantagens que o cliente terá ao utilizar o seu serviço, e as vantagens irão convencer o seu consumidor.

Ou se estiver oferecendo um shampoo, pode ser mais viável utilizar o sentido do olfato e a visão, pois todo mundo quer ter cabelos cheirosos, assim como, querem ter cabelos bonitos e cheirosos.

Vamos falar um pouquinho de como você pode usar os cinco sentidos para melhor vender os seus produtos ou serviços, lembrando que você pode usar mais de um sentido no seu post ou companhia.

Como usar o Olfato?

Utilizar a ideia do cheiro pode ser uma estratégia voltada mais para comidas ou perfumes. A ideia seria criar uma harmonia entre as imagens e o produto estejam em uma posição que seja favorável para o cliente 

O funcionário de uma empresa que realiza projetos de instalações elétricas, na sua hora de almoço, escolheu uma padaria Nova porque o cheiro da comida o fez pensar na sua época de infância.

Essa associação entre a comida e a memória desse funcionário é o resultado do marketing sensorial. O cheiro despertou uma lembrança agradável e ligou isso ao serviço da padaria, logo, a pessoa irá preferir essa padaria em vez das outras.

Como usar o paladar?

A ideia no caso seria deixar os seus consumidores degustarem amostras do seu produto. Podendo ser um vinho novo, ou então, um novo cereal. E isso poderá despertar o interesse do consumidor ao ponto dele comprar o tal produto. Essa é uma técnica que é muito usada em lançamentos de comidas.

Como usar a visão?

Nesse caso,  seria criar a sensação de que se utilizar o seu produto ou serviço, a pessoa obterá aqueles resultados, e tais resultados são positivos. Veja um comercial ligado ao segmento de beleza.

Se uma pessoa usar o shampoo de uma determinada marca reconhecida no mercado, o seu cabelo ficará tão bonito como o da modelo. E assim, as pessoas compram o item. Mostre os resultados positivos de usar o seu item.

Como usar o tato?

Essa é uma forma que precisa de criatividade. Uma pessoa que sente a textura da sua mercadoria, roupa ou uma maquiagem, poderá averiguar as propriedades da sua compra e decidir se irá comprar ou não.

Como usar a audição?

Utilizar o som ao seu favor, ou seja, fazer uma relação entre uma música ou um som com o seu cliente. Por exemplo, uma música pop que está tocando o tempo todo no rádio, ao associar com o seu produto as pessoas vão se lembrar do tal item e querer  saber mais.

Isso acontece porque a música fica repetindo na sua mente, e se for um hit popular é possível que você escute a trilha sonora mais de uma vez. Se existir a ligação entre a mercadoria e a sonoridade, você estará mais disposto a querer saber mais sobre isso.

E com isso, agora você já sabe o que é marketing sensorial. Vale lembrar que esse é um tipo de marketing onde a criatividade é chave para o sucesso. E se for criativo, todos irão querer o seu produto ou serviço.

+ posts