Livre SP

Tecnologia, Ciência, Internet, Filosofia, Siglas, Sonhos

Machine learning é um termo materializado e se tornou fundamental para a produção de empresas, seja do setor comercial ou industrial. Em suma, o machine learning é um sistema otimizado que pode trazer uma série de benefícios a médio e longo prazo, como por exemplo:

  • Aumentar a produtividade;
  • Diminuir erros operacionais;
  • Aprendizagem de máquina;
  • Análise da produção;
  • Detecção de gargalos;
  • Entre outros.

No entanto, existem poucos artigos na internet que falam sobre o que é o machine learning e como ele pode ajudar empresas nas suas diversas formas produtivas. Se você tem uma empresa que vende vidro termoelétrico, por exemplo, e precisa saber mais sobre o funcionamento e os benefícios do machine learning, siga conosco e confira o nosso conteúdo. 

Mas afinal, o que é Machine Learning?

O machine learning é um termo usado para ‘aprendizado de máquina’, que faz parte da engenharia da computação industrial. Trata-se de um sistema equipado com banco de dados e inteligência artificial, que  busca pelo reconhecimento e aprendizado da execução de padrões de movimentos.

A teoria foi criada pelo cientista da computação Arthur Samuel, em 1959, e foi sendo desenvolvida nas décadas posteriores, proporcionando uma forma de produção cada vez mais otimizada, que foi atualizada com a escala dos avanços da tecnologia.

Machine Learning 4.0 e a revolução da indústria moderna

Com o desenvolvimento da engenharia da computação, o aprendizado de máquina foi criando novos mecanismos, até a chegada do Machine Learning 4.0. Esse sistema foi responsável por alterar consideravelmente as formas de produção das indústrias. 

Foi o momento em que máquinas executaram a produção sem a necessidade de mão de obra humana, acompanhando processos de forma contínua. Para uma empresa que faz compressor de ar odontológico, por exemplo, a chegada do machine learning 4.0 também proporcionou o acúmulo de dados para análise de rendimento, do qual vamos falar a seguir.

Machine Learning e a análise de rendimento

Com um banco de dados aprimorado, o machine learning proporcionou ao gestor uma série de dados para  executar estatísticas operacionais. Esses dados podem apontar o nível máximo de rendimento das máquinas e também eventuais gargalos, que podem estar ocorrendo no setor produtivo.

Esse sistema inteligente também observa quando uma determinada máquina não está trabalhando em sincronia com as outras, podendo eventualmente ser uma falha do mecanismo interno, alertando a necessidade de uma manutenção preditiva ou pontual.

Machine learning e a otimização do setor produtivo

O machine learning tem como principal objetivo servir de mão de obra para otimizar as operações humanas e com isso elevar o rendimento das empresas.

Se a empresa está produzindo roletes industriais, por exemplo, o algoritmo e a inteligência artificial do machine learning funcionarão de modo sincrônico, para propiciar uma produção de mais qualidade e velocidade, reduzindo consideravelmente os erros e aproveitando ao máximo a matéria-prima disponível.

Machine Learning e a evolução da indústria 5.0

Todo esse conteúdo que você teve acesso até aqui, pautou a evolução da indústria com um sistema criado para qualificar as formas de produção.

Com a chegada do 5G no Brasil e a revolução da Indústria 5.0, o machine learning também vai alcançar novos níveis de efetividade, trazendo cada vez mais os melhores resultados, misturando a inteligência artificial e a coletagem de dados.

Esperamos que nosso artigo tenha sanado o que é machine learning e o porquê ele é tão importante para nosso cotidiano. Se gostou do conteúdo, não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais

+ posts