avaliação profissional

3 motivos para fazer uma avaliação profissional antes de anunciar a venda seu negócio

Investir em um negócio, vê-lo crescer, se desenvolver e se estabelecer pode despertar um desejo de seguir em frente em busca de oportunidades futuras. É nesse momento que empreendedores podem começar a pensar na venda da empresa.

Todo empreendedor que quer vender sua companhia deve considerar a melhor forma de realizar este processo de venda de empresa valorizando o negócio e eliminando os riscos passá-lo para frente a um preço que não seja justo.

Mas como saber qual o real valor de seu negócio, ou pelo menos, o valor mais justo? Apenas uma avaliação profissional será capaz de chegar ao menos próximo de um valor adequado para a companhia que será vendida. Esse processo é conhecido como valuation.

O que é o valuation

A avaliação de uma empresa é feita a partir de algumas metodologias que visam calcular o quanto ela vale, dando ao vendedor argumentos consistentes e embasados na hora de negociar a venda.

Normalmente, o valuation é feito a partir de três diferentes métodos:

  • Fluxo de caixa descontado: Essa metodologia de avaliação de empresas pela renda calcula o valor presente dos fluxos de caixa da empresa, excluindo dívidas, e posteriormente o valor da dívida é subtraído. Essa estimativa dará um resultado sobre o quanto a empresa deve lucrar no futuro, descontando os riscos que ela deve ter.
  • Valor de empresas concorrentes: Avaliar empresas a partir dos concorrentes é outra forma de fazer o valuation. Nesse caso, o valor da empresa é calculado com base na comparação de seu desempenho frente a companhias comparáveis do mercado.
  • Valor patrimonial: A soma dos ativos de uma empresa, como imóveis, máquinas, dinheiro, entre outros, é outro método de fazer a avaliação de uma empresa.

Por que fazer o valuation?

Agora que você conhece o que é o valuation de uma empresa e suas principais metodologias, vamos explicar alguns motivos que o valuation parte essencial do processo de venda de empresa:

  1. Visão sobre o negócio

O valuation profissional dará ao empreendedor um faixa de valores que são considerados ideais para o negócio, partindo de algumas premissas como possibilidades e perspectivas de crescimento, custos e passivos. A partir dessas informações, uma visão mais ampla sobre como a empresa está posicionada no mercado frente a concorrentes e quais as suas perspectivas para o futuro é apresentada.

  1. Valorização da empresa

Essas são informações importantes não apenas no momento da venda, mas para o próprio empreendedor saber como está a saúde financeira do seu negócio. Quais as possibilidades dele crescer e os riscos que ele apresenta? Mapear isso antes das negociações ajuda o empresário a arrumar a casa antes de apresentar a companhia para os potenciais investidores, aumentando sua valorização,

  1. Poder de negociação

O intuito do valuation não é necessariamente chegar em um valor fechado, afinal no meio das negociações outras propostas devem aparecer na mesa. O valuation é essencial tanto do lado do comprador, que precisa saber quando pode pagar para comprar uma empresa, quanto do vendedor, que deve entender qual o valor justo para a venda de sua empresa. A partir desse cálculo, portanto, é possível pleitear o melhor valor possível durante as negociações.

A avaliação profissional torna a venda de uma empresa mais segura. Para que o valuation seja realizado da melhor maneira, é importante contar com um assessoria especializada, que inclusive auxiliará o empreendedor durante as negociações para que a venda seja concretizada pelo melhor valor, com menos riscos.

Fonte: Capital Invest – assessoria especializada em fusões e aquisições.

+ posts