3 tipos de indicadores para aplicar no seu negócio

Para alcançar objetivos em uma empresa a análise de métricas é muito importante… mas saber quais são as métricas analisadas é ainda mais. Se você tem uma loja de roupas, as métricas podem ser baseadas na taxa de clientes que retornam à sua loja. Se for um marceneiro, os feedbacks podem te dizer mais sobre a durabilidade dos seus móveis. 

Todas estas ações são indicadores. Os indicadores te ajudam a analisar e melhorar processos em sua empresa, isso é, podem te ajudar a ver como a sua equipe está produzindo, como os clientes têm se comportado, como é o uso das suas mercadorias e por aí vai. 

No mundo empresarial, algumas ações fortalecem a sua empresa e a transformam em um disco diamantado, aquele que tem suas serras fortalecidas e suportam grandes pressões com cortes precisos em diversos materiais. Confira 3 tipos de indicadores para aplicar no seu negócio:

Produtividade

Para analisar uma empresa, é necessário iniciar pela equipe. Muitas vezes o processo adotado pela empresa pode não ter boa adaptação e atrapalha outros desdobramentos. Mas calma! Se as luzes do seu negócio se apagaram e a energia da sua equipe foi esgotada, este indicador é a luminária de emergência que vai iluminar o seu negócio. 

Monitorar como a sua equipe tem trabalhado é o primeiro passo para a mudança. Monitore através de tabelas e anotações quanto tempo eles levam para realizar funções diárias. A tabela deve ser preenchida em tempo real e analisada após um mês. 

O resultado pode mostrar o motivo da baixa produtividade e através do diálogo e boa gestão de pessoas, o problema pode ser resolvido. Uma equipe motivada e compreendida pode gerar ótimos resultados para a sua empresa. 

Custos

Os custos fixos e variáveis podem indicar como está a gestão financeira do seu negócio. Isso é, se o seu custo fixo (contas que não mudam de acordo com o trabalho) não é coberto pelo faturamento da sua empresa, a sua precificação pode não ser eficaz. 

Da mesma maneira, se o custo variável não for milimetricamente anotado e analisado, o lucro pode ser comprometido. O custo variável é aquele que muda de acordo com a produção de uma empresa. Além disso, ele também está ligado à precificação. 

Ticket Médio 

O ticket médio é o indicador que mais se relaciona com  precificação. Ele é calculado no período de um mês, através da divisão de faturamento pelo número de vendas. Os negócios podem ter um ticket médio alto para vendas com um valor alto, ou ticket médio baixo para vendas com valor baixo. 

O valor das suas vendas precisam levar os custos da sua empresa em consideração, assim, eles são cobertos e você lucra com isso. É importante lembrar que esta parte da empresa precisa ser ativa e constantemente atualizada e monitorada, isso porque sem um bom acompanhamento, os valores podem ficar desatualizados, gerando prejuízo. 
Analisar sua empresa através de indicadores faz com que você fortaleça suas ligações e melhore seu desempenho. Além disso, com análise constante, as melhorias são fixadas com melhor eficiência, como se fossem parafusadas com uma porca gaiola. Este conteúdo foi útil? Acompanhe os próximos posts por aqui.

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.

Carlos Piva

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.