Upsell: O que é? Como ele pode alavancar seu negócio?

Como vendedor de e-commerce, você está no negócio para aumentar sua base de clientes e as vendas, não é mesmo? Para fazer isso, precisa de um marketing para que sua empresa de montagem industrial possa alcançar o maior número possível de pessoas por meio de publicidade, promoções e ofertas.

Mas, além dessas, há outra opção que vale a pena, conhecida como upsell para seus clientes. Esta é uma estratégia usada para convencê-los a comprar mais produtos – geralmente a um preço mais alto. Os vendedores que entendem isso, aumentam o valor do carrinho e seguem no caminho certo para aumentar as conversões e as vendas.

O que é Upselling?

Upselling é uma técnica de vendas que visa persuadir os clientes a comprar uma versão mais cara, atualizada ou premium do item escolhido. Isso vale para setores tão distintos quanto os de moda ou balcão refrigerado inox, por exemplo.

As empresas, principalmente aquelas que contam com lojas online, geralmente, combinam técnicas de upselling e cross-selling na tentativa de aumentar o valor do pedido e maximizar o lucro.

Como o Upsell pode alavancar seu negócio?

Ao contrário de outras estratégias de vendas que ocorrem no início da jornada do cliente – como veicular anúncios no Facebook para levar as pessoas ao seu site – muitos upsells acontecem mais perto do final desta caminhada, quando as pessoas interessadas estão prontas para comprar ou já compraram algo.

Nesse ponto, já sabem o suficiente sobre você e seus produtos para continuar todo este processo e se sentem confortáveis ​​e abertos a fazer compras por impulso. Na verdade, alguns vendedores veem um aumento de 10% na taxa de conversão quando economizam upsell até o final.

Lembre-se de que, embora o upsell seja usado como um termo amplo para aumentar as vendas, na verdade, existem quatro maneiras de pedir aos clientes que comprem mais. Eles são:

  • Venda adicional: Convide os clientes a comprar o mesmo produto que selecionaram, mas dê a eles a opção de acessar mais recursos por um preço mais alto. Por exemplo, se você vende umidificador industrial, informe aos clientes que eles também podem comprar modelos com uma configuração e potência melhores do que aqueles mais simples e sem essas funcionalidades;
  • Venda cruzada: Sugira produtos que os clientes podem comprar além daquele pedido original. Por exemplo, se um cliente quiser comprar uma câmera semiprofissional, mostre os diferentes kits de lentes e iluminação;
  • Adicional: Com essa opção, você vende um produto adicional que oferece ainda mais valor aos clientes. Por exemplo, você pode vender garantias para produtos eletrônicos com uma simples mudança em seu layout;
  • Pacote: É quando se agrupa mais de um produto para criar um novo pacote. Por exemplo, uma marca de sapatos pode vender dez modelos agrupados, além de vendê-los individualmente.

Certamente, tudo isso deve ser analisado junto com sua equipe de vendas e marketing. Mas saiba que inúmeras marcas já fazem isso há tempos, conquistando lucros cada vez maiores.

Gostou do conteúdo? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

Este artigo foi escrito por Éder Pessôa, criador de conteúdo do Soluções Industriais

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.

Carlos Piva

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.