Sistema ERP e CRM: Saiba quais são as diferenças

Qual a diferença entre o sistema ERP e o Sisrema CRM?

Você sabe a diferença entre o Sistema ERP e CRM? Se não sabe, não se preocupe que vamos te ajudar! Essas são duas plataformas, que possuem algumas finalidades diferentes. 

Por exemplo, enquanto que o CRM é direcionado para o bom relacionamento com os clientes, o ERP é voltado para a melhora da gestão de processos dentro da empresa. 

Quando falamos sobre processos ligados à gestão financeira, as comissões e até mesmo as contas a pagar, estamos nos referindo ao ERP. 

Por outro lado, a gestão de vendas, o volume que é vendido e o faturamento são referentes ao CRM. Mas, ainda assim, os termos geram bastante confusão, sobretudo, quando existe a necessidade de contratar este serviços. 

Pensando nisso, vamos explicar sobre o que é o sietema CRM e sistema ERP, assim como o momento em que você deve escolher essa ferramenta. Acompanhe!

Dica: Como a indústria tem se adaptado à tecnologia? 

O que é CRM?

A sigla CRM vem de Customer Relationship Management, que também representa a Gestão de Relacionamento com os Clientes. Basicamente, o CRM é um software que é utilizado para melhorar o relacionamento de uma empresa com os seus consumidores. 

A intenção é realizar a coleta e o processamento de dados em uma empresa de engenharia civil, com foco em conhecer melhor os consumidores, seus hábitos e preferências. 

Isso é importante para fidelizar o cliente, que é uma das formas que a empresa tem de garantir o sucesso nas vendas. 

A fidelização dos clientes tem sido um dos objetivos das empresas, pelo fato disso garantir o aumento do número de vendas e uma recomendação da marca entre as pessoas. 

Dica: 6 Dicas de planejamento para criação de um site

Funções do CRM

Para sua aplicação, existem funções do CRM, que é esse software desenvolvido para melhorar a relação que a empresa tem com o seu cliente. Dessa forma, podemos destacar algumas funcionalidades a seguir!

  • Possibilidade de integrar os dados dos clientes;
  • Organização das atividades e procedimentos internos;
  • Implementação de ações que melhoram a experiência do cliente;
  • Criação de canais integrados de comunicação;
  • Foco na experiência do cliente. 

O software voltado ao CRM é muito importante porque consegue integrar dados dos clientes, o que faz com que sua empresa conheça de forma profunda a marca, assim como os clientes em potencial. 

Isso contribui também para organizar os processos internos da empresa, pensando em toda a cadeia produtiva e de suporte. 

Existe também um alinhamento das estratégias da empresa, já que o CRM permite que seu negócio implemente ações que melhoram a experiência do usuário. Para isso, você deve utilizar canais de comunicação que sejam integrados e que garantam um suporte da equipe. 

Empresas de construtoras em sp ou de qualquer outro negócio também precisam contar com um foco no pós-venda, já que o interesse no usuário não deve estar presente somente nas vendas, mas também, com foco em aumentar o relacionamento do cliente com a marca. 

A partir do entendimento sobre o CRM, falaremos a seguir sobre o sistema ERP. 

Dica: Métricas digitais: Entenda como alavancar seu site

Conhecendo o  sistema ERP

É muito importante conhecer também o Enterprise Resource Planning, chamado também de ERP. 

Esse tipo de sistema é amplo e atua de forma integrada com a gestão da empresa. Por meio desse sistema, é possível unificar todos os setores do negócio, promovendo integração e automatização de atividades dentro das empresas fabricantes de alambrados

O ERP se volta para a integração das equipes, assim como para fazer com que toda a comunicação do negócio seja mais ágil e fluída. 

Dessa forma, sua empresa consegue utilizar os recursos de forma eficiente e também, aumentar o faturamento. 

Em relação às funções do sistema ERP, podemos destacar:

  • A possibilidade de integrar os dados de um negócio;
  • Monitoramento do desempenho de setores;
  • Controle eficiente do estoque;
  • Automatização de atividades da empresa;
  • Simplificação de processos internos. 

Ou seja, quando falamos sobre o sistema ERP em sua empresa de plataforma elevatória preço, podemos entender como está o seu andamento e desempenho, por meio do monitoramento dos setores internos. 

Existe também um controle mais prático do estoque, levando em conta o entendimento da entrada e saída de produtos. Isso faz com que o gestor tome decisões assertivas.

Além disso, existe a possibilidade de automatizar atividades, o que faz com que a empresa ganhe tempo e consiga direcionar a equipe para outras atividades. Ou seja, ocorre uma simplificação dos processos internos de um negócio.