Open Finance: saiba como funciona

O setor financeiro tem evoluído cada vez mais nos últimos anos, muito devido a implementação de novas tecnologias e a chegada de diversas opções diferentes dentro do mercado, como um sistema de pagamentos mais completos. 

Isso permitiu investimentos por exemplo, em cripto ativos e negócios baseados em blockchain. É claro que, diferente de um painel de comando que sempre segue um padrão, o setor financeiro vai se adaptando e o Banco Central acompanha cada uma dessas mudanças. 

Dessa maneira, o BC criou o Open Finance, que acompanha essas tecnologias e traz mudanças e inovações dentro do mercado financeiro. 

No texto de hoje, iremos mostrar para você tudo sobre essa nova tecnologia, que tal aprender um pouco mais sobre como ela funciona? Bora conferir? Então vamos lá!

O que significa o Open Finance?

Open Finance ou finanças abertas em uma tradução livre para o português, é o processo de compartilhamento voluntário de dados empresariais, comerciais, bancários e financeiros, de uma empresa, empreendedor ou até mesmo de uma pessoa física, por meio de uma plataforma apropriada para uma comunidade restrita. 

Esse compartilhamento de dados tem como finalidade, a troca de informações constante, revelando dados interessantes para todos os lados, deixando todo o funcionamento financeiro às claras, trazendo liberdade e eficiência. 

O compartilhamento de dados pode envolver diversas informações como câmbios, seguros, investimentos e previdência, ajudando esse ecossistema a ser eficiente, e trazendo um fluxo de informações importantes dentro do setor financeiro. 

É como uma envasadora de líquidos, onde as informações são adicionadas, filtradas e usadas da melhor forma possível, para que todos os lados possam ter controle de situações financeiras para dosar e montar suas estratégias de forma eficaz. 

Como o Open Finance funciona?

O Open Finance funciona de maneira extremamente simples e segura, respeitando sempre, a LGPD ( Lei Geral de Proteção de Dados), o usuário decide pelo compartilhamento de dados por meio do canal digital da instituição financeira na qual ele é cliente, decidindo quais informações ele deseja ou não ceder. 

Com todos os dados coletados, as instituições financeiras conseguem realizar ofertas mais atrativas de acordo com o perfil do cliente, além de montar suas estratégias de acordo com as informações que elas possuem dentro do seu banco de dados. 

Ofertas de empréstimo, condições de investimento, adaptação e diminuição dos juros, tudo isso é explorado de acordo com as informações captadas, o que traz uma experiência personalizada. 

O que muda no sistema financeiro?

O Open finance ajuda o sistema financeiro de forma geral, como os dados vão para o ecossistema, instituições financeiras podem coletar dados compartilhados, e buscar enquadrar clientes que acreditam que se encaixam no seu perfil, ofertando serviços de maneira mais eficiente. 

Isso aumenta a competitividade de forma saudável e reduz os custos operacionais, acertando em cheio as necessidades, desejos, e limitações de cada usuário, o que traz uma jornada totalmente adaptável e personalizada.

Open finance, vale a pena?

Assim como uma cabine primária que é responsável pela passagem de uma alta carga elétrica, o open finance é responsável por armazenar dados e informações valiosas de usuários que desejam que tudo aquilo seja compartilhado. 

São inúmeros benefícios que essa estratégia fornece,  como linhas de créditos personalizadas, condições mais favoráveis de pagamento, transparência nos processos, concorrência mais saudável, personalização na abordagem e etc. 

Por mais que o compartilhamento de dados possa ser visto como algo que gera riscos, podemos dizer que o Open Finance é uma ferramenta interessante, e muito útil em um mundo cada vez mais digital e com os dados cada vez mais valiosos. 

O que achou do texto de hoje? Já conhecia o Open Finance? Comente abaixo sua opinião e não se esqueça de compartilhar com seus amigos caso tenha gostado, até a próxima!

Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais. 

+ posts