Fraudes no e-commerce: Como evitar?

As vendas de comércio eletrônico atingiram números espetaculares nos últimos dois anos. No entanto, existe uma grande ressalva, ou seja, os hackers estão atentos a tudo isso. E, assim como ocorre com a manutenção de elevadores, você também deve ficar atento aos pequenos detalhes na segurança de seu site.

Não há uma solução rápida que os comerciantes possam adotar para evitá-las, mas seguir várias práticas recomendadas pode ajudar a reduzir o risco. Então, para entender melhor sobre o tema, continue com a gente!

Use modelagem de risco

Os profissionais do setor de TI tentam de todas as formas montar diferentes situações para os padrões de fraude já conhecidos. Eles enfatizam a importância de entender como isso ocorre em seu nicho. Os comerciantes devem revisar seus próprios dados (senhas e etc.) para encontrar padrões e tendências relevantes, ao invés de confiar em padrões gerais.

Tenha um plano para dimensionar a prevenção de fraudes

As empresas em crescimento são um alvo para os fraudadores. Dito isso, vale ressaltar que é importante que os comerciantes tenham um plano para esse tipo de situação. Estudiosos dizem que os comerciantes precisam usar sua taxa de estorno, custos administrativos e de mercadorias perdidas como referências.

Cuidado com ataques de links maliciosos

Os fraudadores geralmente incorporam spyware em links maliciosos enviados por e-mail. Essa prática é conhecida como “phishing”. De acordo com uma pesquisa, um em cada 99 e-mails tem como intuito fazer ataques. 

As plataformas de e-mail não fazem o suficiente para proteger as empresas. Portanto, se sua empresa de batedeira industrial ficou ciente disso, faça palestras com os funcionários, apontando que eles nunca devem responder a um e-mail pedindo dinheiro ou outros tipos de credenciais.

Encontre ferramentas específicas

As empresas que trabalham com prevenção de fraudes, geralmente oferecem seus próprios serviços para ajudar o gestor em plataformas específicas de comércio eletrônico. Confira se está que você utiliza tem. 

Muitas vezes, eles se baseiam em dados já estabelecidos. Por exemplo, há um sem número de possibilidades para os usuários da Shopify (por essas e outras é uma das mais procuradas quando o assunto é hospedagem de e-commerce).

Mantenha registros detalhados de pedidos

Os comerciantes podem combater esse tipo de estorno malicioso. No entanto, é necessário comprovar o envio e o recebimento corretos do pedido e isso requer muita informação e controle. 

Por isso: 

  • Mantenha os registros de envio em arquivo;
  • Exija que os clientes assinem os pacotes;
  • Forneça descritores de faturamento claros; 
  • Documente cada ponto de contato com os clientes. 

Você pode usá-los mais tarde para combater a fraude de forma amigável. Isso daria uma sobrevida à sua marca, como se fosse um paciente num hospital e começasse a usar oxigênio medicinal.

Use serviços de verificação de endereço

Para quem não sabe, esses serviços verificam se o endereço de cobrança do cartão de crédito que um cliente insere corresponde àquele que o banco emissor tem em seus registros.

Agora é só colocar tudo isso em prática para evitar, cada vez mais, as fraudes em seu e-commerce.

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.

Carlos Piva

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.