Como posso ter um marketing funcional?

Toda empresa precisa de uma estratégia de marketing coesa para atrair os clientes e gerar um bom fluxo de vendas. Para direcionar as pessoas ao seu site e ao seu negócio, apele para as emoções de um cliente. 

 

Mas, uma campanha publicitária ou um vídeo que não dá aos clientes uma noção de sua marca será uma perda de tempo e dinheiro. Mas o marketing funcional pode ajudar toda a sua equipe e ser uma espécie de carrinho plataforma, que levará seu nome, com rapidez, para o topo! 

 

O que é Marketing Funcional?

 

O marketing funcional envolve a criação de estratégias práticas que geram resultados, pois, ao invés de se concentrar apenas no apelo emocional, coloca seu foco em iniciativas de marketing e objetivos específicos. 

 

Como criar uma estratégia de marketing funcional?

 

Para desenvolvê-la, identifique metas e objetivos e desenvolva um plano para implementá-los. Sua estratégia deve abranger todos os canais e as funções de marketing, além de conectá-los aos objetivos gerais. 

 

Cada etapa precisa ser analisada, levando em conta as decisões e as ações que sua equipe pode tomar, seja ela do ramo administrativo, de uniformes profissionais ou qualquer outro.

 

Talvez não tenha uma equipe completa de marketing ou um diretor para criar sua estratégia. Se está sozinho ou contando número reduzido de funcionários, siga estas etapas.

 

  • Defina metas baseadas em dados

 

Quando cria seu plano de marketing, o primeiro objetivo pode ser “conquistar mais clientes” ou “aumentar as vendas”, mas são metas amplas e não geram resultados específicos. Por isso, olhe os dados e siga uma lista coerente. 

 

Use os números anteriores como um trampolim, ou seja, se sua taxa média de cliques em e-mails foi de 5% no ano anterior, defina um avanço de 3% no próximo ano.

 

Por exemplo, para que as taxas de cliques aumentem em 3%, se concentre em práticas de e-mail marketing. Você pode gastar tempo modificando os etxtos, segmentando sua lista de contatos e criando chamadas para ação mais forte.

 

Seus objetivos também podem ser baseados em tendências do setor. Após a pandemia, 58% dos clientes esperavam fazer mais compras on-line do que antes. Conhecer essas mudanças permite ajustar sua estratégia de marketing funcional.

 

  • Acompanhe suas métricas

 

Muitas pessoas associam o marketing funcional à criatividade, e assumem que é uma das funções menos estruturadas da gestão de um negócio. Os profissionais do ramo têm mais flexibilidade para experimentar diferentes métodos, testar novos canais e experimentar o design. 

 

Mas essa flexibilidade também pode levá-los a perder de vista como cada função se relaciona com um objetivo geral.

 

Por exemplo, se você passou meses trabalhando em um site com novo sistema de automação e campanha de rebranding, é comum se orgulhar dos resultados finais. Mas esses recursos também podem jogar contra e dar menos responsividade em dispositivos móveis. 

 

Há pesquisas que revelaram que, no ano passado, smartphones e outros dispositivos móveis representaram mais de 50% do tráfego da web.

 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe este post em suas redes sociais!

 

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais

+ posts