4 passos para começar a vender pela internet

Hoje em dia, iniciar seu e-commerce, seja ele de vendas de cervejas artesanais, de toldo policarbonato ou qualquer outro, é simples. Mas, tenha certeza que haverá certas complicações.

Dado o mercado e a instabilidade econômica, precisará descobrir cuidadosamente o passo a passo para alcançar os ‘louros da vitória’. Sem pesquisa, estratégia e planejamento adequados, estará fadado ao fracasso. Mas siga conosco e terá vida longa e próspera!

1- Faça sua loja se destacar com um logotipo atraente

Com tantas lojas digitais, você precisa elaborar uma espécie de letreiro de led, extremamente chamativo. E tudo começa com o seu logotipo! Se ainda não tem um ou deseja atualizar o existente, há uma infinidade de sites grátis para isso.

Essa é uma ótima maneira de mostrar aos clientes que podem conhecer e confiar na marca. Atente-se às cores, formatos e outros detalhes, pois isso será a balança entre um clique e um ‘adeus’ da pessoa interessada.

2- Descreva com detalhes os produtos

Todo vendedor sabe que uma ótima descrição pode ser a diferença entre fechar uma venda ou dar adeus a esse ganho. Você pode aperfeiçoá-lo e deixar seu site fazer o resto! Lembre-se: elas devem ser curtas, sucintas e fáceis de compreender. 

Pense em todas as perguntas que um cliente pode fazer e certifique-se de que seu texto as responda. Colocará à disposição o novo modelo de mangueira de incêndio? Especifique tamanhos, dimensões ou informações sobre materiais.

3- Tire as melhores fotos que puder 

Imagens de alta qualidade o ajudarão a vender mais produtos. Mas se não tiver nenhuma experiência profissional, não se preocupe! Basta fotografar com seu smartphone e pronto! Mas se tiver um pouco de tempo, montará um estúdio interessante gastando pouco e conquistará aquele primor de outras contas no Instagram. 

É correto afirmar que você provavelmente tem todos os materiais de que precisa em casa. Faça upload das imagens, baixe aplicativos como o Photoscape para edições rápidas e precisas e inscreva-se no Canva.

4- Automatize as páginas jurídicas da sua loja

Cada loja online precisa de determinadas páginas jurídicas. Mas não precisa de nenhum conhecimento de codificação ou diploma de direito para criá-las. Diversos sites do gênero como Jimdo ou Spotify contam com o chamado Gerador de Texto Legal, que as moldam automaticamente. Dentre elas, temos:

  • Política de Privacidade;
  • Política de devolução;
  • Termos e Condições.

Isso fará com que os clientes percebam que seu e-commerce, bem como as vendas e todos os processos referentes à marca são de confiança. Comparativamente, entre uma que conta com as diretrizes e outra sem esses padrões, certamente a primeira venderá mais.

Enfim, pegue todas essas dicas e insira em suas estratégias, confira também quais as preferências de seus clientes e faça uma abordagem sutil e sem grandes pressões. Reuniões com seus sócios e parceiros não deixam de fazer bem a tudo aquilo que pensa desde os primeiro momentos desta jornada.

Gostou do conteúdo referente aos passos para começar a vender pela internet? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

+ posts