Qual é o verdadeiro conceito de filosofia?

A filosofia é a área do conhecimento que estuda os problemas fundamentais relacionados à existência, à lógica, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem. A palavra filosofia é de origem grega, e significa “amor à sabedoria”. 

Dessa forma, a filosofia pode ser definida como a análise lógica e racional de tudo o que é relevante para a existência humana, individual e coletiva, a partir da compreensão do ser e do universo. Confira agora, tudo sobre a filosofia e suas formas de pensamento. 

Origem da Filosofia

A filosofia surgiu na Grécia Antiga, por volta do século VI a.C. Naquela época, a Grécia era um importante centro cultural e recebia influências de várias partes do mundo. Assim, o pensamento crítico começou a florescer e muitos indivíduos começaram a procurar respostas racionais para o mundo fora da mitologia grega.

Essa atitude de busca de um conhecimento lógico e racional significou o nascimento da Filosofia. Vários autores indicam que Tales de Mileto foi o primeiro filósofo (sem se descrever como tal) e Pitágoras foi o primeiro que se classificou como filósofo ou “amante da sabedoria”.

O que a filosofia estuda? 

A filosofia é a área do saber que coloca em debate todas as questões feitas pelo mundo e tudo que nele há, sejam elas concretas, abstratas ou conceituais. Portanto, os filósofos são movidos pela curiosidade e pelos fundamentos da realidade.

Assim, qualquer assunto considerado importante e capaz de produzir conhecimento é objeto de estudo da filosofia. Para tornar esse conceito mais claro imagine o seguinte questionamento, o que é descarte de lixo eletrônico

A filosofia vai buscar entender todos fundamentos sobre isso, formulando perguntas como “o que é?” produzindo definições complexas, resultando em novos questionamentos “como é?”, “por que é?”, “em que situações se aplica?”, etc. Uma atitude filosófica significa olhar tudo o que existe, das coisas mais simples às mais complexas, com um olhar de estranhamento, mas com vontade de conhecer.

A filosofia pode se concentrar em questões da existência humana, mas existem diferentes tipos de resoluções sobre elas, por exemplo um corrimão de alumínio para alguns filósofos que não entendem esse conceito, podem interpretá-lo como uma obra divina da fé e não da razão. Portanto, as explicações e os métodos aplicados são diferentes, mas as respostas que buscam são as mesmas.

Para que serve a filosofia?

Essa é uma das perguntas mais difíceis de responder. Afinal, ela não atua de forma prática e concreta, como por exemplo, uma embaladora filme pvc, que ajuda a conservar nossos alimentos.

No entanto, a filosofia tem uma forte ligação com o cotidiano das pessoas e provoca uma reflexão crítica que cria um distanciamento de tudo o que é comum e trivial. Esse distanciamento é importante para que a vida não se torne uma prática automática e escolhas conscientes sobre as ações.

Sem uma reflexão adequada sobre a vida, as pessoas tendem a se alienar de si mesmas e não percebem quais são suas verdadeiras necessidades sobre a liberdade dos indivíduos. Para o filósofo Aristóteles; “O homem é um animal social”, assim, a ética filosófica torna-se necessária para que o ser humano possa viver em sociedade. Afinal, entender o que é o bem, a justiça e outros princípios é fundamental para viver em harmonia.

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.

Carlos Piva

Não há quase nenhuma área em que a tecnologia digital não tenha impactado a minha vida.