Transformando ideias em realidade

WikiEmergencyHouse

O que é? 
O abrigo emergencial é uma edificação temporária voltada para os desabrigados devido a situações emergenciais, tanto para famílias que não possuem um abrigo quanto para aquelas que possuem abrigos extremamente precários. Ao estudar sobre a tipologia arquitetônica do abrigo emergencial fica clara a importância do sistema construtivo para este tipo de edificação, pois existe a necessidade de uma estrutura de rápida e fácil montagem. Por isso seu sistema construtivo é uma parte fundamental, pois além de cumprir sua função estrutural também tem que atender ao caráter temporário característico da arquitetura. As arquiteturas efêmeras estão sempre refletindo as tecnologias, materiais e a sociedade de cada época, pois são um dos primeiros campos de experimentação para as inovações construtivas. Atualmente já é estabelecido a utilização de ferramentas CAD (Computer-Aided Design) no processo projetual, mas um outro conceito tem expandido as possibilidades construtivas atuais, a utilização das ferramentas CAM (Computer-Aided Manufacturing) em conjunto com o CAD. Observando a realidade brasileira atual, de expansão cada vez maior do design e fabricação digital, esta pesquisa propõe o desenvolvimento do projeto de um abrigo temporário que atenda a necessidade de famílias em situações emergenciais, explorando tecnologias CAD/CAM para seu design e fabricação, desta forma trazendo inovação e maior qualidade para construção.
Porque? 
O presente trabalho faz parte de uma pesquisa com pensamentos e provocações realizadas na Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), no Curso de Arquitetura e Urbanismo, junto ao espaço maker Fab Lab Livre SP Cidade Tiradentes, realizando experimentos e protótipos. O trabalho visa examinar uma estrutura expansível e um preenchimento personalizado para as diversas necessidades urgentes que estão em constante aparecimento em todos os lugares do mundo, por meio de tecnologia digital, para experimentar a arquitetura democrática. O escopo do tema é mostrar uma prática que está explorando o uso do um modelo para recuperação pós-desastre, onde, para a velocidade e os custos, os princípios da WikiHouse poderiam ser inestimáveis (incluindo o fornecimento de materiais a partir de detritos). A ideia conscientemente experimental, com foco na reflexão e descoberta e quais problemas valem realmente a pena. O abrigo emergencial é uma edificação temporária voltada para os desabrigados devido a situações emergenciais, tanto para famílias que não possuem um abrigo quanto para aquelas que possuem abrigos extremamente precários. As situações que requerem moradias emergenciais podem ser diferenciadas por suas causas, que podem ser divididas em três categorias: causadas por desastres naturais, refugiados e déficits urbanos, o que todas possuem em comum são as famílias desabrigadas com necessidade de moradia. Ao estudar sobre a tipologia arquitetônica do abrigo emergencial fica clara a importância do sistema construtivo para este tipo de edificação, pois existe a necessidade de uma estrutura de rápida e fácil montagem. Por isso seu sistema construtivo é uma parte fundamental, pois além de cumprir sua função estrutural também tem que atender ao caráter temporário característico da arquitetura. As arquiteturas efêmeras estão sempre refletindo as tecnologias, materiais e a sociedade de cada época, pois são um dos primeiros campos de experimentação para as inovações construtivas. Atualmente já é estabelecido a utilização de ferramentas CAD (Computer-Aided Design) no processo projetual, mas um outro conceito tem expandido as possibilidades construtivas atuais, a utilização das ferramentas CAM (Computer-Aided Manufacturing) em conjunto com o CAD. Particularmente para o projeto de abrigos emergenciais a utilização das tecnologias CAD/CAM para o Design e Fabricação Digital desde sua concepção inicial até a execução é muito interessante pela possibilidade da criação de uma arquitetura flexível, precisa, transportável e que envolva as famílias desabrigadas como parte atuante da construção do abrigo. Com o design digital e sua fabricação por máquinas CNC, o projeto do abrigo pode ser divulgado em plataformas de código aberto (open source), expandindo os limites de impacto da edificação, com o projeto sendo compartilhado para todos, desta forma até a concepção de transporte mudaria, podendo ser também virtual, as pessoas baixariam e imprimiriam em diferentes locais do mundo o abrigo, encurtando distâncias e ao mesmo tempo expandindo fronteiras. A Fabricação Digital está em expansão no Brasil, com tecnologias que permitem muitas possibilidades e experiências, é a partir desta exploração que este TFG dará um novo olhar ao abrigo temporário com uma estrutura feita a partir do design e fabricação digital.
Quem? 
Paulo Mainardi
Como? 
Impressora 3D; Maquina de corte a laser; Fresadora de grande formato; Marcenaria.
Temática: 
  • Arquitetura e Urbanismo